A Cidade dos Vampiros


    COVIL :: Forte Schlögen

    Compartilhe
    avatar
    Narrador
    Admin

    Mensagens : 36
    Data de inscrição : 13/02/2014

    COVIL :: Forte Schlögen

    Mensagem por Narrador em Seg Fev 17, 2014 1:54 am



    Quem me rouba a honra priva-me daquilo que não o enriquece
    e faz-me verdadeiramente pobre

    Shakespeare

    Comentários afirmam que a propriedade foi construída em meados do século XIII como estratégia de impedimentos de invasores ao império austríaco, em recomendação do próprio fundador da Casa Habsburgo; outros de que a fortaleza fora uma construção da Casa de Luxemburgo e construída enquanto frente ao Sacro Império Romano-Germânico. Histórias à parte é fato que a propriedade se encontra em ruínas, com diversas de suas estruturas demolidas pelo tempo e pelas guerras da qual enfrentou... e ainda contando muitas histórias de lutas com os Vrykolakas utilizando para seu Covil, desde quando um Forte ativo.


    ## SUPERFÍCIE
    ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
    Diga-se que somente 40% da estrutura ainda se mantêm de pé. Grande parte da muralha foi ao chão permitindo acesso direto ao que seria o pátio de entrada, e muitos dos antigos corredores que davam acesso às salas que serviram de refeitório e ou salas de planejamento encontra-se destruído, mas servindo de abrigo aos aventureiros desavisados que chegam ao antigo forte após se perderam nas trilhas do Vale Verde. Embora seja um prédio histórico, poucas visitas são realizadas por conta de histórias de assombração alimentadas por gritos, lamúrias e uivos ouvidos dia e noite e que ninguém jamais foi capaz de explicar. Ainda na superfície algumas estruturas se mantêm de pé, como duas torres, uma localizada ao norte e outra a oeste, com pela visão do Vale Verde. Em um espaço fechado e considerado inacessível aos poucos aventureiros que chegam ao local é a outra metade do paço do forte, hoje tomado de terra, pedras, ruínas e arbustos da vegetação, é onde acontecem alguns eventos que reúne todos os Bandos, o que inclui a Monomancia.


    ## CÂMARAS
    ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
    Embora o forte se encontra em ruínas em sua superfície, o mesmo não pode ser dito de suas galerias subterrâneas que ainda mantém característico sua força. Pouco ou nada sabem desse lugar, mas é um lugar que serve de abrigo a muitos vampiros do Bando que não possuem um refúgio particular, e o lugar oferece um grande espaço para acomodações em câmaras que certamente serviram de alojamentos aos soldados que serviram naquele forte. Algumas câmaras serviram também de espécie de depósito de armas e armaduras, onde guardando apenas relíquias de batalhas.


    ## CALABOUÇOS
    ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
    Um dos marcos dessa fortaleza são as prisões onde ficavam os inimigos capturados, em celas de grades pesadas, algumas com correntes pendidas nas paredes e no chão para os mais perigosos e para serem posteriormente interrogados. Não há acomodações. No passado os prisioneiros dormiam sobre algumas palhas ou no chão frio entre seus dejetos e aos restos de comidas, acompanhados de ratos e outras criaturas asquerosas. As celas não possuem ventilação, são escuras e úmidas, algumas claustrofóbicas suficientes para enlouquecer seus prisioneiros.


    ## SALA DE GUERRA
    ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
    Esta ampla sala ganha destaque não somente por sua estrutura de paredes rochosas decorada com muitas relíquias de guerra, como armas e armaduras das mais diferentes épocas, mas também por refletir bem a importância que foi um dia aquele lugar. Era nesta sala que eram traçados planejamentos de defesa do império. Atualmente serve como sala de reunião entre os Järl, o líder dos líderes dos bandos, os Kärls e onde alguns poucos dos convidados ao Forte são recebidos.

      Data/hora atual: Qui Out 19, 2017 8:52 am